Conversação

 

Os poemas não devem começar e acabar num mesmo. O autor é um mediador (…). Deve ser humilde e permeável, deixar que o mare- magnum das possibilidades criativas o supere, (…) deve ceder o lugar de poeta às vozes do seu contorno, a polifonia é necessária à hora de dinamizar a criatividade.
ELIAS KNÖRR

Depois de uma tarde a escrever poemas
meto-me no duche
e só sinto
a estancar-se no umbigo a água morna que vem
da tubagem.
LUISA CASTRO 

Que se precisa para ser poeta?
Por acima de tudo há que ser muito pouca coisa. Ser tão pouca coisa que sejas capaz de dizer «eu», que não te envergonhes de dizer «eu». Toda a poesia está fundamentada no eu, no sentimento, nas impressões, na sen- sibilidade individual, e isso é algo que a sociedade tende a limitar, por- que é a sua função, e na arte tem que se expandir. Um poeta não pode ser poeta se não diz «eu».

Entrevista a L. CASTRO, por Belén Fortes en The Barcelona Review: http://www.barcelonareview.com/31/s_lc_ent.htm

77

Post navigation

Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de usuário. Ao continuar no site está a consentir a utilização das cookies e a aceitação da nossa política de cookies. ACEPTAR

Aviso de cookies