Há poetas que escrevem um dia

Um poeta escreve desenhando malabarismos ao longo de uma linha reta traçada no ar.

Outro poeta escreve brincando de uma margem à outra da mesma linha reta e na mesma direção, mas tentando não tocá-la.

Abaixo, o cimento.

esses são os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
os imprescindíveis
—Quais?

Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de usuário. Ao continuar no site está a consentir a utilização das cookies e a aceitação da nossa política de cookies. ACEPTAR

Aviso de cookies