Poema 3.0

ruído

ruptura    intertextualidade

desafio  conectividade/conotação   incerteza

transfronteiriço  nov@s lector@s  palabrasglobo

incrustación  ex-pressão     multimedia hiperignoto

pantallaço globalização tuiteo

WhatsApp

paradigmatic

iNversos

vinho verde

♦♦ sugarfree poetrygum  

Cóbreme unha espesa nube,
tal preñada de tormentas,
tal de soidás preñada
ROSALÍA DE CASTRO

103

Este site utiliza cookies para uma melhor experiência de usuário. Ao continuar no site está a consentir a utilização das cookies e a aceitação da nossa política de cookies. ACEPTAR

Aviso de cookies